Carta aberta à Agatha Félix

Cara Agatha,

Eu sou um cara que respeita quase todas as causas progressistas do mundo contemporâneo, mesmo aquelas das quais não sou adepto.

Mas uma criança como você, de 8 anos, negra, pobre e favelada, morrer estupidamente dentro de uma kombi, me lembra que há causas mais urgentes que outras.

Causas que são tratadas pela imprensa como pauta policial, e não como um assunto urgente da sociedade.

Causas sobre uma guerra sanguinolenta em pleno curso – mas que, por não acontecer em nossa vizinhança branca do eixo Leblon-Jardins-Miami, não nos comove a ponto de tratarmos como prioridade de vida.

Hoje acordei me sentindo um merda, Agatha.

Espero que você nos perdoe pela nossa omissão.

Ontem à noite, enquanto você morria, eu estava vivendo minha vidinha, bebendo minha cervejinha de sexta-feira com os amigos, porque a vida é dura e ninguém é de ferro.

Alguns (poucos) brasileiros ainda mais privilegiados já estavam em suas casas de praia ou de campo, em belíssimos condomínios fechados, apreciando uma garrafa de bordeaux, ou embarcando em classe executiva para um fim de semana em Nova York.

Perdoe-nos, Agatha.

Falhamos miseravelmente.

E, provavelmente, continuaremos falhando.

Porque estamos com as prioridades tortas.

Como disse o Emicida: “só água na geladeira, e eu querendo salvar o mundo”.

Descanse em paz, Agatha.

*

Neste link, mais um post do Anderson França, escritor negro forçadamente exilado em Portugal, sobre o lamentável episódio da Agatha.

Eu sei que nem todos apreciam o estilo navalha na carne do Anderson.

Pois que se fodam retumbantemente: não é sobre o estilo, porra.

Leia.

O trecho que eu destaco:

“Essa criança não vai atravessar o mundo de barco, falar no TED, ganhar o Nobel, ser aplaudida igual Greta e Malala, essa aí, oito anos, Alemão, sangue na Kombi. Repense.

É o mundo sem comer animais. É o mundo sem poluição. Um mundo perfeito. Animais vivos, clima de montanha, os preto tudo morto.”

Durma com esse barulho.

===

Crédito da foto: René Silva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s